Fotos Antigas e história do Bairro Batel

No século 18, a atual avenida do Batel era um dos caminhos utilizados por tropeiros

Eliel Nogueira - Atualizado: 04/05/2020

Fotos Antigas e história do Bairro Batel

No século 18, a atual avenida do Batel era um dos caminhos utilizados por tropeiros.

No início do século 20, bairro deixou de ser predominantemente residencial, a região já possuía duas cervejarias, duas usinas de beneficiamento de erva-mate, fábricas de sabão, perfumarias e um pequeno comércio.

Segundo o historiador Francisco Negrão, por volta de 1854, tempo das tradicionais festas religiosas, um batel (significa PEQUENA EMBARCAÇÃO ALEGÓRICA, pequeno barco) vindo de São José dos Pinhais, estragou e ficou parado no ponto do acidente por um bom tempo.

Quem passava pela região, começou a chamá-la de batel.

Outra versão para o nome do bairro mais tradicional de Curitiba é de que seria uma homenagem a um antigo morador, que se chamava Batel.

As casas, aos poucos, foram perdendo espaço para grandes construções e algumas ruas, como a Visconde de Guarapuava.

Uma região nobre, considerado o segundo centro de Curitiba, o bairro Batel, com muitas opções de entretenimento, serviços, gastronomia e praças charmosas, é um bairro animado, conhecido pelos restaurantes elegantes que servem pratos de culinária internacional, do italiano ao indiano e japonês, além de bares irlandeses casuais e pubs com música ao vivo.

É um dos locais preferidos para as saídas dos curitibanos, ponto de encontro clássico e também uma parada obrigatória para quem visita a cidade.

Batel possui uma área de 1,76 km², com mais de 3938 domicílios particulares.

O bairro tem o maior rendimento mensal por responsáveis dos domicílios.

Referência: Guia Geográfico, Wikipedia e Gazeta do Povo 1110
Veja estas postagens


Quer comentar algo sobre Fotos Antigas e história do Bairro Batel ?

0.02